Setor moveleiro dá mostras de crescimento

Segundo perspectivas divulgadas no primeiro trimestre pelo Banco Central (BC), a economia brasileira deve dar sinais de recuperação ainda em 2019.

Durante 2018, a indústria de bens duráveis (entre os quais estão os móveis) passou por altos e baixos, com agravo no período compreendido entre abril e maio, época da paralisação dos caminhoneiros. Apesar da oscilação, o cenário seguiu positivo. No acumulado do primeiro semestre do ano passado, a indústria moveleira apresentou crescimento de 5,5% em comparação com o mesmo período no ano anterior. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na Pesquisa Mensal da Indústria. Já em outubro, mês da pesquisa mais recente divulgada pelo IBGE, a alta do setor de bens duráveis foi de 4,4%. A indústria moveleira especificamente cresceu 0,9%. Outro índice positivo da indústria moveleira é o de exportações. Segundo dados divulgados pela Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário (Abimóvel), o crescimento nas vendas externas em novembro de 2018 foi 20,5% maior em comparação com o mesmo mês de 2017.No acumulado do ano, a variação foi 16,5% positiva. O panorama ainda indica que o principal segmento a se beneficiar foi o de móveis de madeira, que foram os mais exportados.

Bons sinais indicando a retomada do crescimento deste mercado!!!

 Fonte: Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário (Abimóvel)

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *