Gestão de tempo contribui para aumentar a produtividade

 

 

A gestão do tempo em marcenaria tem um impacto bastante expressivo, atuando como balizadora para o sucesso na entrega dos pedidos dentro do prazo acordado com o cliente.

Mas, para que seja eficaz, e realmente auxilie a rotina de produção, há desafios a serem vencidos. Interrupções que exigem decisão imediata e novos projetos que surgem são os maiores ralos de tempo. No entanto, sabemos que as oportunidades de grande valor ou problemas que precisam de resolução não aparecem em ordem previsível ou linear.

Se não houver consciência de prioridades e planejamento para executar as tarefas cruciais com qualidade, é bem possível que a produtividade seja prejudicada.

Hoje em dia, há uma ampla variedade de técnicas e ferramentas que auxiliam os profissionais na gestão do tempo, todas com o objetivo de levar a um entendimento do cenário em que o projeto está envolvido para ajudar a esclarecer caminhos e organizar a rotina, facilitando a execução. Conheça, a seguir, alguns exemplos.

Técnicas de gestão do tempo para marceneiros e arquitetos

Método GTD

A metodologia GTD (Getting Things Done) é aplicada em cinco passos. Primeiramente, coleta-se tudo que merece atenção de ser organizado, mediante o desenvolvimento de uma lista de tarefas. Posteriormente, passa-se para uma análise dessas atividades, seguida da etapa de organização dos itens. Depois, inicia-se a tarefa de reflexão, para revisar as listas elaboradas. Essa fase deve ser realizada mais de uma vez no decorrer do projeto. Por fim, chega o momento de executar as tarefas listadas.

Método Pomodoro

A chamada técnica Pomodoro é bastante utilizada em diversas áreas, e consiste em fazer uma divisão de fluxo de trabalho em intervalos de tempo, a fim de estimular o foco e a agilidade no funcionamento do cérebro.

Diferente da técnica anterior, é desenvolvida em sete etapas. No primeiro momento, é feita uma lista de tarefas, depois cronometra-se cada etapa. Em seguida, seleciona-se uma delas para trabalhar sem interrupções no período de tempo que foi programado na segunda fase. Passado esse período, é realizada uma pausa para relaxamento e, na sequência, a atividade deve ser retomada, sempre em períodos iguais, reiniciando o ciclo produtivo com uma nova tarefa.

Método Kanban

Este método é bastante utilizado por grandes empresas, mas pode ser adotado por pequenas fábricas de móveis ou escritórios de arquitetura de uma forma bastante simplificada. Consiste em agrupar tarefas em quadro dividido por listas. Manualmente ou com ajuda de um software, cada tarefa deve ser escrita em um cartão e transferida de acordo com o andamento de seu processo, promovendo um acompanhamento visual estimulante e apurado de tarefas laborais.

O Kanban pode ser um bom aliado para que as complexas etapas de produção de um móvel personalizado, ou de um projeto de interiores, sejam monitoradas e ocorram no timing demandado.

Há muita literatura e artigos de Internet abordando as técnicas para gestão de tempo. Informe-se e escolha a que melhor corresponde às características da sua linha de produção. Você pode, ainda, fazer uso de ferramentas para gerenciamento de projetos para auxiliar. Um ERP direcionado ao setor de negócios da sua empresa otimiza o tempo e facilita a tomada de decisões.

Conheça as soluções WPS.

Fonte: https://digital.formobile.com.br

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *